Capa - Regras do Compromisso

As Regras do Compromisso

Elizabeth e Betsy foram colegas de escola. Nascidas em 1948, impreparadas para o vendaval dos anos 60, ambas alimentavam grandes esperanças quanto ao futuro. Quando retomam o contacto, trinta anos depois, Elizabeth está casada com um homem mais velho, e compensa o tédio de um casamento sem filhos e sem paixão com uma relação extra-conjugal. Betsy, a mais livre e emotiva das duas, fora viver para Paris apaixonando-se por um jovem contestatário que leva consigo para Inglaterra. Agora que voltam a estar juntas, irão as vidas das duas amigar tomar um novo rumo, ou será que ambas vão testar a resistência da sua amizade com a disputa de um homem que parece trazer consigo uma promessa de libertação?

Mais informação

contoa

Contos Fantásticos

Uma selecção dos melhores contos fantásticos de Edgar Allan Poe (1809-1849). Inclui os clássicos A queda da casa de Usher, O coração revelador ou O barril de Amontillado. Poe é um grande escritor norte-americano, poeta admirado, narrador admirável de histórias em que o sobrenatural e o mistério têm sempre lugar. É por muitos considerado não só um mestre do fantástico como o inventor do conto policial moderno, criador dos antepassados de Sherlock Holmes, Poirot e tantos outros detectives conhecidos pelos seus poderes de observação e dedução.

Mais informação

Print

A RAIZ VERMELHA DO AMOR

«Neste livro procura-se o encontro do passado com o presente, num diálogo de paisagens físicas e humanas, imóveis no tempo, na sua unidade original. Inquietações e angústias, interrogações que se repetem e atravessam os séculos numa sucessão de ecos que são como as raízes de um sistema primitivo e inalterável.

«Lucina vivia só, alugara uma casa onde passara férias António Nobre, numa rua ventosa de Leça, perto da praia, com uma porta azul ao cimo de três degraus de pedra, sobre o passeio. Agradava-lhe a companhia desse fantasma doente. Ouvia a sua tosse cansada em noites de nevoeiro, como se presa para sempre nas paredes do quarto. Ouvia a ronca do farol, e o apito demorado e rouco dos cargueiros que saíam do porto à noite, iluminados com luzes frouxas, onde se recortavam toscas guras da tripulação, e adormecia embalada no mais tranquilo dos sonos.»

Mais informação

Print

BEIJO TÉCNICO E OUTRAS HISTÓRIAS

«São histórias curtas, não raro curtíssimas, outras nem por isso. Quase todas enigmáticas, desafiadoras, aqui e além improváveis. Mas todas têm consistência, e nenhuma é absurda. O Mundo onde elas valem passa-nos sempre por perto.

Há assassinatos por um jackpot, novelas mexicanas na caixa do supermercado, auto-estradas novinhas a separar amantes. Há um ouvinte cândido de miúdas com cio, paquidermes na sala de estar, triângulos amorosos prevendo o dia de amanhã. Em suma: a exacta realidade, tal como você a conhece.»

Mais informação

O Parente mais Proximo

O Parente Mais Próximo

Londres, 1936. A ascensão de Hitler assusta o velho Continente, mas é o caso amoroso do Rei Eduardo VIII que domina as conversas desde as tabernas aos círculos mais restritos da aristocracia. Enquanto o Rei pondera abdicar do trono por amor a uma mulher casada, Owen Montignac espera a herança do tio para pagar a sua enorme dívida de jogo. Quando o dinheiro é atribuído à sua prima Stella, Owen vê-se obrigado a construir um plano maquiavélico para conseguir o dinheiro, salvar a posição social e para se ver livre, de uma vez por todas, dos agiotas. No meio de uma crise política Owen mantém-se vivo através da perspicácia e da imaginação, mas é a disponibilidade para matar que vai ditar o seu futuro.

Mais informação

Nao Veras Pais Nenhum

Não Verás País Nenhum

Um dia teremos de comprar em centros comerciais os cheiros da natureza, durante a noite – porque de dia morre-se quando se sai à rua. O cheiro das árvores, das flores, da terra molhada. O único cheiro que vem lá de fora é o cheiro a queimado, o cheiro a calor. O aquecimento global chegou em força, a destruição da camada de ozono tornou o dia impossível. O Sol queima, o Sol mata. Vive-se de noite e de coisas artificiais, vive-se num mundo que se destruiu. Este é um dos grandes clássicos da literatura brasileira do século XX que antecipa toda uma nova forma de vida. Souza, o protagonista desta épica história de amor que é, ao mesmo tempo, um romance de aventuras e uma meditação ecológica vertiginosa, é o ultimo grande revoltado perante o que o homem fez ao seu mundo e a si próprio.

Mais informação

A Metamorfose

A Metamorfose

A Metamorfose (1915), obra extraordinária, que nos conta a história de Gregor Samsa, um caixeiro-viajante que suportava financeiramente a sua família e que certa manhã se viu transformado num insecto. Impossibilitado de ir para o trabalho e incapaz de comunicar com os seus familiares, Gregor Samsa vai tornando-se um peso insuportável para estes e sendo relegado para uma situação de marginalização. Narrativa simbólica, A Metamorfose reflecte sobre a angústia individual, a solidão e a desesperança humana.

Mais informação

A Praia

A Praia

Doro casou-se e deixou Turim por Génova. Há muito que não vê o seu melhor amigo, um professor que ficou na sua aldeia natal. Um dia de Verão, de repente, Doro parte para o campo. Tenta convencer-se um dia de que essa visita é mero fruto de saudosismo, mas essa desculpa não engana o seu velho amigo. Juntos visitam os lugares da sua infância e tentam ambos, à sua maneira, escavar os escombros daquela taciturna evasão em busca de um drama íntimo. Intrigado pela inquietude do amigo, o professor volta com ele para junto do mar, investigando continuamente a raiz do que atormenta Doro, sobretudo depois de conhecer a sua mulher, Clelia, uma mulher fascinante. Talvez demasiado fascinante para que o seu casamento tenha sucesso. Um romance intenso e melancólico sobre os sentimentos misteriosos e ambíguos que deixam o ser humano desarmado e só face ao seu destino inevitável.

Mais informação

A Piramide

A Pirâmide

Oliver tem 18 anos e uma enorme vontade de se divertir antes de entrar na Universidade. Mas estamos nos anos 20 e ele vive em Stilbourne, uma pequena cidade no meio de Inglaterra, onde toda a gente sabe tudo… Pior do que isso: Oliver quer ser artista. Nunca tal se ouviu na pequena povoação de trabalhadores rurais. Romance quase autobiográfico do autor de O Senhor das Moscas, A Pirâmide traça o percurso de um jovem em busca da sua identidade e da liberdade de ser diferente num mundo estereotipado. Uma obra marcante e um dos textos mais importantes de Golding.

Mais informação